Você sabia que substituir o óleo de soja pelo óleo de
coco pode trazer diversos benefícios para a saúde?

Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, o óleo de soja é um vilão pior do que o açúcar para o organismo, pois ele aumenta os níveis de gordura e desenvolve o pior tipo de resistência à insulina, o que pode causar problemas como hipertensão e aumento do colesterol sanguíneo. A utilização do óleo de coco no preparo das comidas mais saudáveis tem se tornado cada vez mais frequente, pois pode evitar o desenvolvimento dessas doenças, e ainda, trazer outros diversos benefícios. Conheça:
. Além de prevenir o aparecimento de rugas devido à sua elevada concentração de antioxidantes em sua composição, o óleo de coco mantém a pele e os cabelos mais hidratados.
. Auxilia no emagrecimento, pois aumenta a saciedade, reduzindo a vontade de comer.
. O alimento é capaz de melhorar os níveis de colesterol e melhorar o funcionamento do intestino.

Você já ouviu falar da fitoterapia?

Os alimentos fitoterápicos são desenvolvidos através de matérias- primas ativas vegetais, que tenham conhecimento da eficácia e possíveis riscos do seu uso. A técnica não só na perda de peso, mas também no correto funcionamento do organismo como um todo. Conheça alguns alimentos e seus benefícios:
. Alho: Excelente para ativar o sistema imunológico e garantir a saúde do coração.
. Camomila: Suas flores são indicadas para o tratamento de quadros leves de ansiedade e calmante suave, além de atuar nas cólicas intestinais.
. Maracujá: Reconhecido por sua propriedade calmante, entretanto não é indicado para pessoas com hipotireoidismo.
. Guaraná: Muito utilizado pela sua propriedade estimulante, sua semente quando triturada torna-se pó, porém não deve ser indicado para pessoas com hipertensão e problemas cardíacos.
. Erva-doce: Seus frutos são indicados para distúrbios gastrointestinais, cólicas e como expectorantes.
. Romã: Na casca é que contém a substância com propriedades de combater inflamações e infecções da mucosa da boca e faringe.

Pill Food

O Pill Food é um complexo vitamínico manipulado que traz diversos benefícios para os cabelos, pele e unhas. Por esse motivo, tornou-se queridinho das mulheres. Conheça mais sobre esse produto:
. A vitamina possui alta eficiência, entregando todos os resultados prometidos, desde que seja utilizado regularmente. Isso é possível porque o Pill Food possui uma fórmula potente com substâncias especiais.
. Por se tratar de um complexo vitamínico, o Pill Food não causa efeitos colaterais, ele somente repõe nutrientes no organismo.
. Não abra mão de consultar seu médico, para saber se o produto é ideal no seu caso, qual a dosagem diária recomendada e ter o devido acompanhamento junto a um profissional durante o uso do produto.

Você faz uso de remédios manipulados diariamente?
Está armazenando corretamente? Confira aqui dicas
para armazená-lo

Mantenha o medicamento em sua embalagem original, fechada, em lugar seco, em temperatura ambiente (15 a 30ºC), ao abrigo da luz e do calor excessivos. O sol e a umidade podem alterar o medicamento, mesmo dentro do prazo de validade.Não guarde os medicamentos em armários de banheiro e cozinha ou perto de pias e lavatórios. Os frascos de cápsulas podem vir acompanhados de algodão e/ou de sachês de sílica. Não os retire da embalagem, pois eles servem para diminuir a quantidade de ar e umidade dentro do frasco e assim proteger as cápsulas.

Ácido retinoico

 

O ácido retinoico é uma substância derivada da vitamina A e um dos compostos mais estudados para tratamento do envelhecimento da pele, muito indicado pelos dermatologistas. Além disso, é considerado o mais eficaz para combater a acne e as estrias, por oferecer maior firmeza e elasticidade à pele. A substância pode ser encontrada em cremes, manipulados ou prontos, com concentrações que variam de 0,025% até 0,1%. O ideal, segundo especialistas, é aplicar de duas a três vezes por semana à noite para que a pele possa se adaptar a ele, intercalando seu uso com o de outros cremes nutritivos. O ácido também é encontrado em peelings, com concentrações de 1 a 10%.

Cremes
Manipulados

Para os dermatologistas, com certeza os cremes manipulados são queridinhos, pois são desenvolvidos de acordo com a necessidade de cada paciente, podendo potencializar os resultados, mas você sabe as diferenças dos cremes industrializados para os manipulados? Se não, conheça aqui! Manipulados Com a mesma fórmula do industrializado, o creme manipulado pode tratar dois ou mais problemas, como envelhecimento e manchas;
São personalizados especialmente para você, que facilita o tratamento específico de cada paciente; Permitem a concentração de substâncias que o dermatologista achar necessário; Tem um preço melhor, se comparado a marcas famosas. Industrializados Apresentam penetração e eficácia determinadas por testes clínicos e laboratoriais; Seus efeitos colaterais são conhecidos; Não há variação do padrão de qualidade; Possuem um prazo de validade mais longo, devido a estabilidade maior dos ativos.