Atualmente, pode-se manipular praticamente qualquer medicamento e obter alternativas para vários problemas de saúde. O medicamento manipulado chega a custar de 40% a 50% menos que os industrializados, apresentando a mesma qualidade. Essa grande diferença ocorre porque os medicamentos manipulados são fabricados na quantidade certa para que o cliente siga o tratamento, não existindo sobras e desperdício. Além disso, a indústria de medicamentos tem custos elevadíssimos com embalagens e pesquisas de novos medicamentos, o que não ocorre nos manipulados.
Na manipulação, existe a possibilidade de associações de princípios ativos em uma única cápsula, já que muitos pacientes portadores de doenças crônicas precisam tomar vários medicamentos por dia, facilitando a administração destes.

 

O medicamento manipulado pode vir, por exemplo, na forma de cápsulas, pós, cremes, géis, xampu, xarope, óvulos, supositórios e balas, facilitando o consumo. Também há opções para manipular florais, fitoterápicos (a base de plantas) e homeopatias.
Mais uma vantagem do medicamento manipulado é a possibilidade de manipulação de cápsulas com revestimento entérico, que contribui para a não irritação do estômago por alguns princípios ativos que têm essa característica.